Agora é Lei: Arujá cria Dia Municipal dos Catadores

11jun
image_pdfimage_print

Agora é Lei. Arujá dedicará o dia 7 de junho aos Catadores de Materiais Recicláveis do Município. O projeto de Lei nº 197/2019 de autoria do vereador Paulo Henrique Maiolino (PSB) foi sancionado pelo prefeito José Luiz Monteiro (MDB) em 28/5, tornando-se a Lei Municipal nº 3124/2019.

O objetivo, segundo Maiolino, é valorizar a categoria e chamar a atenção para a importância da atividade que exercem. “Os catadores de materiais recicláveis formam um segmento que com seu trabalho reduzem drasticamente o impacto ambiental. Mesmo assim, ainda são bastante discriminados”, salientou.

Maiolino foi até a Cooperativa Cora falar sobre seu projetos

Em trecho da justificativa, o parlamentar ainda afirmou: “É papel dos governantes oportunizar, não apenas melhores condições de trabalho, mas também maior reconhecimento de sua função social”.

Cora

Arujá possui a Cooperativa de Trabalhadores de Materiais Recicláveis de Arujá (Cora) que integra a Rede Cata Sampa e o Movimento Nacional dos Catadores. O grupo participou do Fórum de Gestão de Resíduos Sólidos, organizado pela Câmara de Arujá em novembro de 2018.


Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

silmara@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Publicado em 11/06/2019

Texto: Silmara Helena

Fotos: Imprensa/CMA