Agora é Lei: Prefeitura sanciona Setembro Azul

O prefeito José
Luiz Monteiro (MDB) promulgou a Lei nº 3.225/2019, de autoria da vereadora Ana
Cristina Poli (PL), que determina a inclusão do evento Setembro Azul no
Calendário Oficial do Município. A legislação visa criar um cronograma de
atividades para o debate e fomento de políticas públicas de inclusão das
pessoas surdas.

De acordo com a
nova legislação, no mês de setembro de cada ano serão promovidas atividades,
tais como campanhas publicitárias, institucionais, seminários, palestras,
reuniões, apresentações teatrais, passeatas, audiências públicas, exposições,
festas ou outros eventos e cursos sobre a deficiência auditiva.

Na justificativa
do projeto nº 237/2019, que originou a Lei, consta ser no mês de setembro que,
em todo país, acontecem encontros, palestras, lançamentos de livros e
atividades promovidas pelas associações e instituições que desenvolvem
trabalhos com surdos. O objetivo, explica a vereadora, é promover uma reflexão
sobre a situação deste público, bem como discutir políticas para garantir uma
cidadania digna e plena.

“No município de Arujá, infelizmente, temos pouco ou nenhum debate efetivo sobre   inclusão dos surdos”, ponderou Ana Poli, para a qual é fundamental que o Legislativo “dê o primeiro passo” para uma sociedade mais acessível e inclusiva. “A aprovação deste projeto será o início de um processo de amplo debate sobre medidas que possam beneficiar essa comunidade”, ressaltou.

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

renan@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7000 / 7067

Publicado em 02/12/2019

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA