Aos 90 anos, autor da bandeira de Arujá é homenageado pelo Legislativo

29nov
image_pdfimage_print

Há exatos 50 anos, a bandeira do município de Arujá era concebida pelas mãos do servidor aposentado Juvenal Barbosa, hoje nonagenário. Nesta quarta-feira (28/11) o autor do ilustre desenho sentou-se na Tribuna de Honra da Casa de Leis para receber a Moção de Parabenização nº 110/2018, proposta por Gabriel dos Santos (PSD) e aprovada pelo Pleno do Legislativo.

Desenho da bandeira foi feito em 1968 pelo então servidor público

Juvenal nasceu em 1928 no bairro São Bento, ingressou no serviço público em 1951, casou-se e teve três filhos. Aposentou-se por tempo de serviço em 1988 e, em sua carreira, protagonizou seu feito mais notório em 1968 quando foi autorizado pelo então prefeito Benedito Manoel dos Santos (1964-1969) a desenhar a Bandeira do Município de Arujá.

Na tribuna, o autor da homenagem – que terminou sendo subscrita por todos os vereadores – Gabriel, declarou: “Já participei de diversas homenagens nesta Casa, mas a de hoje tem um sabor especial: Juvenal Barbosa, aos 90 anos, tem a disposição de um menino. E, mais importante, há 50 anos desenhou esta bandeira. Quero parabenizá-lo por ter deixado sua marca na história de Arujá”.

Os vereadores Reynaldo Gregório Junior (PTB), o Reynaldinho, Ana Cristina Poli (PR), Renato Bispo Caroba (PT), Edvaldo de Oliveira Paula (PSC), o Castelo Alemão, Sebastião Vieira de Lira (PSDC), o Paraíba Car, Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB), Paulo Henrique Maiolino (PSB), o Paulinho Maiolino, alternaram elogios ao homenageado.

Por fim, o Presidente da Câmara Abel Franco Larini (PR), o Abelzinho, expressou a satisfação do Legislativo em prestigiar a trajetória de Juvenal. “É uma honra para esta Casa de Leis ter aqui uma pessoa com sua importância e o significado que tem para a cidade”, declarou.

 

 

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

renan@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Publicado em 29/11/2018

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA