Arujá deverá pagar mais de R$ 2,2 milhões à Sabesp em 2017

16set
image_pdfimage_print

Os serviços de fornecimento de água, coleta e tratamento de esgotos custarão R$ 2,2 milhões à Prefeitura de Arujá no ano de 2017. O valor representa um repasse médio mensal de R$ 184 mil à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e corresponde a um volume médio mensal de 6.961 metros cúbicos de água.

Os dados constam do Ofício nº 028/16 enviado pelo superintendente da Unidade Leste de Negócios Marcio Gonçalves de Oliveira à administração municipal e deverá orientar a elaboração do orçamento para o próximo exercício.

A Sabesp ainda informou que de janeiro a julho de 2016 os serviços prestados pela companhia custaram ao município o equivalente a R$ 1, 310 milhão e corresponderam a um volume mensal de 6.945 metros cúbicos de água. O valor mensal gasto até então girava em torno de R$ 163 mil.

Os valores atualizados de débitos em aberto, conforme especifica o ofício, chegou a cerca de R$ 3 milhões até 31/7/2016.

O documento foi lido em sessão ordinária de 12/9 para conhecimento do Legislativo.

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

4652-7015

Publicado em 15/09/2016