Arujá poderá ter Secretaria de Segurança Pública

02out
image_pdfimage_print

Prefeitura estuda viabilidade

Arujá poderá ter uma Secretaria Municipal de Segurança Pública. A afirmação é do secretário de Governo, Walter Cruz Swensson, que, em resposta ao requerimento elaborado pelos vereadores petebistas Reynaldo Gregório Junior ,o Reynaldinho, e Edvaldo de Oliveira Paula, o Castelo Alemão, informou  que a Prefeitura realiza estudos e pesquisas para verificar a viabilidade da criação da nova pasta.

A proposta já vem sendo pauta de debates em plenário, pois na avaliação expressiva dos vereadores, a sensação crescente de insegurança entre a população, o aumento de ocorrências de furtos e assaltos, além dos recentes episódios de violência registrados em Arujá como foi o caso da tentativa de assalto seguida de tiroteio na área central e os arrastões no Jardim Emília, justificam a existência de uma secretaria específica para tratar do problema.

Além disso, com a recém promulgada Lei Federal 13022/2014, que cria o Estatuto Geral das Guardas Municipais, as corporações foram definitivamente incorporadas ao sistema de segurança do Estado e deverão ser reestruturadas e adequadas à nova legislação.

Se criada, a Secretaria de Segurança Pública tratará, não apenas da integração das atividades das polícias no município, mas também da criação de Ouvidoria, Corregedoria e do armamento da Guarda Municipal – proposta defendida de forma enfática pelo vereador José Sidnei Schaide (PR), o Cocera Cabelo.

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

4652-7015
Publicado em 02/10/2014