Arujá receberá oito novos médicos até abril, garante Secretária de Saúde

24mar
image_pdfimage_print

Até o início de abril, Arujá deverá receber oito novos médicos por meio do programa Médicos pelo Brasil, a nova versão do Mais Médicos do governo federal. Inicialmente, por critérios do Ministério da Saúde, a cidade havia sido excluída da lista de beneficiadas mas, devido à ameaça de epidemia do COVID-19, acabou tendo o perfil aceito.

Rogério da Padaria (à direita) questiona Carmem; ao fundo a responsável pelo setor financeiro Lívia Pereira

A informação foi dada pela secretária municipal de Saúde Carmem Pellegrino à Câmara Municipal, no último dia 13/3, quando foi convocada pelo vereador Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria, a dar explicações sobre a falta de médicos na rede.

Segundo o parlamentar, a situação está tão crítica que em algumas unidades, as recepcionistas se recusam a agendar consulta. “Há uma demanda reprimida de, pelo menos, 700 pessoas”, pontuou o parlamentar.

A secretária admitiu a dificuldade, no entanto, acredita que com a chegada dos novos profissionais conseguirá suprir a demanda por atendimento. Conforme esclareceu, os médicos, logo que aprovados na seleção, passarão por treinamento e serão encaminhados às Unidades Básicas de Saúde. “Serão quatro médicos para o Barreto, três para o Mirante e um para o Jardim Real”, detalhou. O processo deve ser concluído até 10 de abril.

Terceirizados
Questionada por Rogério da Padaria, Carmem garantiu que manterá a proposta de contratar médicos terceirizados. O edital, publicado no início do ano e que previa a medida, foi cancelado depois de o Tribunal de Contas do Estado (TCE) acatar recurso de empresa e opinar pela suspensão do certame. “Começamos o processo para substituição de profissionais (do antigo Mais Médicos) em novembro. Buscamos recursos, mais infelizmente, não houve tempo hábil para publicação; aí, os orçamentos venceram e os atualizamos para abrir novo procedimento. Algumas empresas se sentiram prejudicadas e entraram com pedido de suspensão no Tribunal de Contas. Achamos melhor anular o edital e, agora, estamos na fase de adequação”, relatou.

(da esq. para a direita) Reynaldinho, Rafael Laranjeira, Profa. Cris do Barreto e Renato Caroba

Rogério disse que a Câmara Municipal está à disposição para aprovar recursos destinados à contratação de médicos e convocou a população a ajudar na fiscalização do serviço. “É triste constatar o fato de a população ter ficado sem consultas, mais uma vez, por falta de planejamento adequado da Secretaria. Esperamos que os novos médicos realmente venham e comecem a atender. Vamos fiscalizar e verificar se esses profissionais estarão na rede”, finalizou.

Também participaram da sabatina os vereadores Renato Bispo Caroba (PT), Cristiane Araújo Pedro (PSD) a Profa. Cris do Barreto; Reynaldo Gregório Junior (PTB), o Reynaldinho; Abel Franco Larini (PL), o Abelzinho; Edimar do Rosário (PRB), o Pastor Edimar de Jesus; e Rafael Santos Laranjeira (PSB), além da responsável pelo setor financeiro e administrativo da pasta, Lívia Pereira.

Assessoria de Comunicação
imprensa@camaraaruja.sp.gov.br
silmara@camaraaruja.sp.gov.br
(11) 4652-7015
Texto: Silmara Helena
Fotos: Imprensa/CMA