Aumento dos casos de dengue preocupa vereadores

26mar
image_pdfimage_print

O aumento da incidência de dengue no Estado de São Paulo e a confirmação do 35º caso da doença em Arujá acenderam o sinal de alerta na Câmara Municipal. Vereadores solicitam mais informações da Prefeitura e pedem a colaboração da população no combate aos focos do mosquito Aedes Aegypti.

Reportagem do Portal G1, baseada em dados fornecidos pelo governo do Estado, informa a existência de mais de 80 mil casos da doença em território paulista. Pelo menos em 100 municípios, a dengue já é considerada uma epidemia. O secretário Estadual de Saúde, David Uip, anunciou um reforço de R$ 6 milhões no combate à doença, além da contratação de mais 500 mil agentes – o dobro do existente atualmente – e o apoio de 30 médicos da Polícia Militar para atendimento à população. Setenta pessoas morreram por causa da doença neste ano no Estado.

Em Arujá, de acordo com balanço divulgado em 20/03/2015 pela Secretaria Municipal de Saúde, dos 15 bairros onde há registro de infectados, a situação mais crítica é no Parque Rodrigo Barreto. Lá, concentra-se metade dos casos confirmados (17).

O vereador Rogério Gonçalves Pereira (PT), o Rogério da Padaria, pediu a população que colabore e libere a entrada do agente, responsável pela identificação de focos do mosquito em residências. “Peço à população que receba bem os funcionários que fazem a inspeção e também conscientizem seus vizinhos sobre a importância deste trabalho”, apelou o parlamentar em discurso feito na sessão ordinária de segunda-feira (23/3). Dicas para combater a dengue

Os agentes do Setor de Vigilância à Saúde e Departamento de Combate à Dengue da Prefeitura estão sempre uniformizados, identificados e são acompanhados por um supervisor e uma equipe de trabalho de campo. Eles também contam com apoio de um veículo oficial. A Secretaria de Saúde esclareceu que não tem por hábito ligar para os moradores agendando realização de visitas, à exceção, em empresas ou locais de difícil acesso.

Informações

O vereador Wilson Ferreira da Silva (PSB), o Dr.Wilson, solicitou à Secretaria de Saúde um histórico dos casos de dengue registrados em Arujá nos últimos 12 meses, além de um detalhamento das ações executadas pela Prefeitura para o combate à doença. O pedido foi feito por meio do requerimento nº 1633/15, aprovado pelo plenário em 9/3.

Brasil

No último dia 12/3, o Ministério da Saúde informou que 340 municípios estão em situação de risco para a ocorrência de epidemia e 877 estão em alerta. Os números foram indicados por meio do Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (Lira) – considerado instrumento fundamental no controle da doença no Brasil.

São Paulo está entre as 18 capitais brasileiras em estado de alerta e é o terceiro Estado com maior incidência da doença – 281 casos para cada 100 mil habitantes. Até 7 de março, foram registrados 224,1 mil casos no País – número 162% maior que o registrado no mesmo período do ano passado. Na região Sudeste, 52,6% dos criadouros estão em depósito domiciliares.

Câmara de Arujá
Assessoria de Comunicação
imprensa@camaraaruja.sp.gov.br
4652-7015
Publicada em 25/03/2015

Com informações da Prefeitura de Arujá, Portal G1 e Ministério da Saúde.

Fotos: Reproduzidas da internet