Bica d’água do Jardim Real está contaminada e imprópria para consumo

26jan
image_pdfimage_print

A água que sai da bica localizada na rua São Paulo, no Jardim Real, é imprópria para consumo. Análise feita pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, constatou a presença da bactéria Escherichia Coli (E.Coli) – transmitida por meio das fezes. A informação foi divulgada pela Secretaria de Saúde que recolheu as amostras e as enviou para averiguação a pedido do vereador Edvaldo de Oliveira Paula (PTB), o Castelo Alemão.

O parlamentar esteve no local e apontou a necessidade de elaboração de um laudo para verificar se a água era realmente potável, pois estava sendo consumida pelos moradores, inclusive, crianças. Ele protolocou a solicitação por meio da indicação 2725/14.DSC_0085

A bica surgiu por iniciativa de Laércio de Andrade, já falecido, que decidiu canalizar um curso d’água, localizado nos fundos de seu quintal, até a rua. A viúva Rita Helena de Andrade afirmou, durante visita de Castelo, desconhecer qualquer indício de contaminação.  “Nunca soube de alguém que tivesse adoecido por causa dessa água”, afirmou.Castelo_Dona_Rita_editada

A E.Coli, segundo a Secretaria de Saúde, é uma bactéria que vive no intestino de seres humanos e animais e não costuma causar problemas de saúde. No entanto, quando outros tipos desta bactéria entram no organismo podem provocar gastroenterite e infecção urinária, entre outras doenças. Portanto, a recomendação é evitar o consumo.

Reportagem publicada na edição de 24/01/2015 do Diário de Arujá informa que, apesar de a Prefeitura ter instalado placas alertando sobre os riscos, elas foram arrancadas. O motivo, conforme explicou a matéria jornalística, pode ser a crise hídrica – ou a popular falta de água que atinge o Estado de São Paulo e vários bairros de Arujá. Segundo a vizinhança, a água continua sendo utilizada.

Leia reportagem do Diário de Arujá/24.01.2015 http://www.diariodearuja.com.br/?p=1990/

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

4652-7015

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

Publicada em 26/01/2015