Câmara acolhe protesto de moradores do CDHU do Jd. Leika e media reunião com o estado

07fev
image_pdfimage_print

Em protesto, munidos de cartazes, cerca de 30 moradores do conjunto habitacional CDHU do Jardim Leika ocuparam as galerias do Plenário Vereador João Godoy na tarde de 05/02, durante a 1ª Sessão Ordinária de 2020. O grupo, que alega ser vítima de juros abusivos na mensalidade dos imóveis adquiridos em 2017, apelava por uma intervenção do Legislativo – e foi atendido.

O presidente da Câmara, Gabriel dos Santos (PSD), paralisou a sessão para fazer uma reunião com os moradores e o secretário municipal de Habitação, José Orlando da Silva, que veio à Câmara a convite da Presidência.

Após explanação do vereador Renato Bispo Caroba (PT) sobre a situação dos moradores, relatando casos em que a variação no preço das mensalidades superava 30%, o titular da pasta se disse surpreso com o problema relatado e se comprometeu a intermediar uma reunião da comitiva com o CDHU.

“Essa reunião deve ser realizada aqui na Câmara Municipal, não na sede da estatal”, pontuou Gabriel, que acrescentou que a Câmara está de portas abertas para acolher as demandas daquela região.

Todos os vereadores acompanharam a discussão.

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

renan@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7000 / 7067 Texto: Renan Xavier