Câmara homenageia Chico Firmino com Moção de Pesar

30set
image_pdfimage_print
22.09.16_Olidia_Angelita_2

Olídia e Angelita, esposa e filha de Chico Firmino dia do velório

A Câmara de Arujá fez questão de prestar uma última homenagem ao vereador Francisco Rodrigues de Ávila, o Chico Firmino, falecido no último dia 21/9. Os vereadores redigiram e fizeram constar dos anais da Casa uma Moção de Pesar em que agradecem os relevantes serviços prestados por Chico ao Legislativo e à cidade de Arujá.

Chico Firmino exerceu três mandatos nos períodos de 1964 a 1968 (2ª Legislatura), quando a função ainda não era remunerada; de 1989 a 1992 (7ª Legislatura) e de 1993 a 1996 (8º Legislatura).

22.09.16_Cerimonia_Chico_Firmino

Cerimônia realizada durante velório de Chico Firmino

Vítima de parada cardiorespiratória e insuficiência renal, Chico Firmino morreu a poucos meses de completar 92 anos, depois de passar alguns dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Ipiranga de Arujá.

Filho de Benedito Rodrigues Munhoz e Tereza Rodrigues de Ávila, estudou na escola do então Distrito de Arujá, localizada no bairro do Portão, foi caminhoneiro e trabalhou nos ramos do comércio e da agricultura. Casado com Olídia dos Santos de Ávila, atualmente com 88 anos, era pai de Angelita Rodrigues de Ávila de Paula.

Além de esposa e filha deixou três netos: Eduardo Ávila de Paula, de 11 anos; Pedro Henrique Ávila de Paula, de 6 anos e Rafael Francisco Ávila de Paula, de 2 anos.

A Moção foi lida na sessão ordinária de 26/9/2016. Cópia da propositura será enviada à família.

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

4652-7015

Publicado em 30/09/2016