Câmara protocola 290 solicitações de melhorias na iluminação pública no 1º semestre

24jul
image_pdfimage_print

A iluminação pública foi alvo de recorrentes cobranças dos vereadores de Arujá no 1º semestre. Desde o início do ano, o Legislativo arujaense registrou 290 indicações e requerimentos solicitando melhorias na área, desde a troca de lâmpadas queimadas à instalação de novos braços de luz em vias escuras. O número é 45% maior em relação às proposituras protocoladas em todo o ano de 2017, quando a Câmara formalizou 173 solicitações de reparo. As informações podem ser consultadas no Portal da Câmara.

Vereadora Profª Cris do Barreto foi autora de uma Moção de Repúdio aprovada pela Câmara em maio. Fotos: Imprensa/CMA

Além das indicações e requerimentos, a Câmara aprovou em maio uma Moção de Repúdio (nº 83/2018) à empresa Elektro, concessionária do serviço de iluminação pública no município. A proposta foi de autoria da vereadora Cristiane Araújo Pedro (PSD), a Profª Cris do Barreto. Na ocasião, a parlamentar relacionou a precariedade do serviço ao crescimento dos índices de criminalidade em Arujá. “A empresa deveria prestar o serviço com a mesma eficiência com que cobra as taxas de iluminação dos munícipes”, sugeriu na época.

Caroba lidera indicações de melhorias na iluminação pública

Outra parte considerável das indicações de reparo na iluminação partiu do gabinete do vereador Renato Bispo Caroba (PT), que juntamente com sua equipe realizou vistorias em diversos bairros do município constatando pessoalmente o “apagão” nas ruas. Em maio, durante votação de uma moção de repúdio à empresa, o parlamentar descreveu a Elektro como uma empresa “irresponsável” e “sem compromisso com a cidade”. Ele ainda a acusou de exercer monopólio sobre o serviço e de se achar “dona do município”.

 

 

 

 

CASOS ATENDIDOS

Morador aponta luminária pública instalada a pedido do vereador Paulinho Maiolino na Vila Arujá

Embora nem sempre resultem em atendimento pelo Executivo, as indicações e requerimentos são ferramentas indispensáveis para a atuação dos vereadores. É por meio dessas proposituras que os membros do Legislativo garantem a comunicação das demandas da população à Prefeitura, que é o órgão público responsável pela execução das melhorias.

Foi por meio de indicações, por exemplo, que o vereador Paulo Henrique Maiolino (PSB), o Paulinho Maiolino, conseguiu que seu pedido de instalação de um braço de luz na Rua Agá, no bairro Vila Arujá, fosse atendido. No local, funciona a escola municipal Dona Maria de Lourdes Ferreira. Os moradores se queixavam do uso de drogas no local e aumento nos casos de furtos e assaltos na região, mas que agora celebram a melhoria.

 

 

 

 

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA

Publicado em 24/07/2018