Caroba acusa imobiliária Continental de obstruir vias ilegalmente

19ago
image_pdfimage_print

O vereador Renato Bispo Caroba (PT) cobrou a abertura das ruas do bairro Residencial, em Arujá, que, segundo ele, foram fechadas ilegalmente pela Continental Construtora e Incorporadora com total conveniência do poder público. O parlamentar denunciou que a empresa está construindo um bairro particular na cidade sem qualquer fiscalização da Prefeitura.

O vereador protocolou um requerimento exigindo providências urgentes para que sejam liberadas as ruas do bairro. Na sessão de quarta-feira (14/08), em Plenário, o parlamentar confrontou a construção dos muros com o projeto arquitetônico de criação do bairro, segundo o qual não há previsão de fechamento de ruas, como vem sendo feito.

“Em Arujá, algumas pessoas ou setores podem fazer o que quiserem como se não precisassem cumprir a lei. É o caso da Continental, que manda e desmanda em nossa cidade. O poder público apenas assiste tudo e finge que não vê essa arbitrariedade imposta aos moradores. Ao que parece, a Continental manda mais em nossa cidade que o próprio prefeito”, destacou.

Ainda segundo Caroba, o prefeito José Luiz Monteiro (MDB) tomou conhecimento da situação há cerca de 20 dias, quando de uma reunião com a presença de secretários. Desde então, segundo o vereador, nenhuma medida foi tomada.

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

renan@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7000 / 7067

Publicado em 19/08/2019

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA