Castelo Alemão anuncia saída da liderança do governo na Câmara

03ago
image_pdfimage_print

O vereador Edvaldo de Oliveira Paula (PSC), o Castelo Alemão, não é mais líder do Poder Executivo na Câmara. O anúncio foi feito pelo próprio parlamentar na Sessão Ordinária de 1º de agosto e veio acompanhado de uma série de críticas à gestão José Luiz Monteiro (MDB). “Não defenderei o indefensável”, declarou.

Vereador avalia que momento da Saúde no município é o pior em seis anos. Foto: Imprensa/CMA

Na tribuna, Castelo atribuiu sua decisão, principalmente, à “situação trágica da Saúde”. “Todos nós, vereadores, temos compromisso com o munícipe, que tem padecido em busca de uma educação de qualidade e atendimento de saúde digno”, declarou. “Quando aceitei o desafio de ser líder do governo, o fiz por acreditar em novos rumos para a cidade, mas me decepcionei”, disse ainda o vereador.

Castelo ocupava a função de líder do governo na Câmara desde maio de 2017, quando aceitou o convite para auxiliar na interlocução entre a Prefeitura e o Legislativo. Seu desembarque assinala mais um episódio da crise na Saúde municipal, que já resultou – no mês passado – na exoneração do então chefe da pasta Messias Covre.

“Diante de tudo que tenho ouvido e acompanhado, posso assegurar que este é o pior momento da Saúde de Arujá em seis anos que estou vereador”, avaliou o parlamentar. “Espero que essa licitação [da nova empresa que gerenciará os serviços de Saúde na cidade] não seja boicotada, não seja direcionada, pois quem está pagando por isso está pagando com a própria vida”.

AVANÇOS PONTUAIS

O parlamentar ponderou, contudo, que alguns avanços foram possíveis durante sua passagem como líder de governo. Ele exemplifica a criação da Secretaria de Segurança Pública e da Ouvidoria Municipal, mas ressalta que ainda falta vontade política para que essas ferramentas saiam do papel e se concretizem.

 

 

 

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA

Publicado em 03/08/2018