Castelo Alemão diz que faltou planejamento ao Jardim Emília

16mar

Falta de iluminação pública, dificuldade de transporte, ausência de policiamento. Problemas antigos identificados na região do Jardim Emília – já afetada de forma drástica pelas obras de construção do Trecho Leste do Rodoanel – se somam às dificuldades de atender a demanda das famílias que ocupam desde novembro do ano passado os 170 apartamentos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). Agora, a escola está superlotada.

José Luiz conversa com vereadores e com a comissão de moradoras

“Não houve planejamento e a região do Emília/Leika vive um colapso na área de mobilidade urbana, educação, transporte”, apontou Edvaldo de Oliveira Paula (PSC), o Castelo Alemão, durante pronunciamento feito na Tribuna da Casa durante a sessão ordinária de 13/3.

Situação do Jardim Emília foi discutida por moradores, vereadores e pela Prefeitura

Segundo o parlamentar, a situação é tão precária que duas crianças dividem a mesma carteira na escola. “O município não se preparou para prestar esse atendimento”, constatou. Ele apresentou e teve aprovado pelo Plenário um requerimento nº 155/2017 no qual requer à Prefeitura informações sobre quais providências estão sendo tomadas para melhorar o atendimento aos alunos da Escola Municipal Cecília Caraça Mineiro Coutinho.

O vereador também acompanhou uma comissão de moradoras em reunião com o prefeito José Luiz Monteiro (PMDB) na última terça-feira (14/3) na Prefeitura. Todas as principais reivindicações foram apresentadas ao chefe do Poder Executivo e ao secretário de Governo e Serviços Públicos Leandro Larini, que se comprometeram a propor soluções.

Castelo também defende que o Estado precisa auxiliar o município nesta questão e investir na infraestrutura. “Temos de acionar nossos deputados.”

Também participaram da reunião os vereadores Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB), o Luiz Fernando, Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria, e Renato Bispo Caroba (PT), as moradoras do Jardim Leika: Luciana Maria Martins Bueno e Cristiane Farias Rodrigues; do Jardim Emília: Uracy de Oliveira Sencades e Rita de Cássia Oliveira Alves e o vigário paroquial da área pastoral de Santo Expedito, Pedro Pires de Andrade.

 

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Publicado em 16/03/2017

 

 

image_pdfimage_print

One thought on “Castelo Alemão diz que faltou planejamento ao Jardim Emília

  1. […] Castelo Alemão diz que faltou planejamento ao Jardim Emília […]

Comments are closed.