CCR Nova Dutra nega construção de passarela

11ago
image_pdfimage_print

A concessionária CCR Nova Dutra, responsável por administrar uma das mais importantes rodovias federais do País, encaminhou ofício à Câmara de Arujá negando pedido feito pelo vereador Sebastião Vieira de Lira (PSDC), o Paraíba Car, para instalação de uma passarela no km 196,5 da rodovia Presidente Dutra próximo ao bairro Cachoeira.

A solicitação foi feita por meio das moções 98 e 100/2014, aprovadas em março pela Casa Legislativa. A resposta da concessionária, dada por meio do Ofício AT 441, foi inserida no expediente da sessão de 4/8.

Segundo o vereador, a passarela é necessária a fim de facilitar a locomoção e garantir a segurança na travessia dos moradores do entorno. “Muitos trabalhadores arriscam suas vidas dividindo espaço com carretas, caminhões e veículos para conseguirem realizar a travessia. Além das crianças que também precisam fazer este percurso para chegar às escolas no centro”, salientou Paraíba Car ao destacar que no local já foram registrados acidentes fatais.

A CCR Nova Dutra, por sua vez, informou que este serviço não está previsto no Contrato de Concessão (PG-137/95) celebrado em 1995 entre o DNER (Departamento Nacional de Estradas de Rodagem) e a empresa e que “qualquer alteração no referido programa deverá ser previamente examinada e aprovada pela ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre)”.

A demanda, segundo o gestor de atendimento da CCR Nova Dutra, Marcos Rodrigues Brunelli, já foi repassada à Agência, mas não há prazo para recebimento de resposta.

Ele ressaltou, no entanto, que, se houver acordo, o serviço poderá ser realizado pela Prefeitura em parceria com empresas locais. Neste caso, segundo Brunelli, a CCR se coloca à disposição para orientação quanto à tramitação do projeto junto à Agência Reguladora.

Fonte: Assessoria de Comunicação/Câmara de Arujá