CEI realiza primeira reunião de trabalho

21dez
image_pdfimage_print

A Comissão Especial de Inquérito (CEI), que investiga possíveis irregularidades no contrato firmado entre a Prefeitura de Arujá e a InSaúde, iniciou oficialmente seus trabalhos na última quinta-feira (20/12).

Em sentido hoário: Luiz Fernando (Presidente); Gabriel (Relator); Paulinho Maiolino (Vice-presidente) e Dr. Marcelo Oliveira (Membro)

O presidente da CEI, vereador Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB), conduziu a primeira reunião com a presença do vice-presidente, Paulo Henrique Maiolino (PSB), o Paulinho Maiolino; do relator, Gabriel dos Santos (PSD) e de Marcelo José de Oliveira (PRB), o Dr. Marcelo Oliveira, indicado como membro. Ainda compõe o grupo a vereadora Ana Cristina Poli (PR), que não pôde comparecer.

A partir de agora, a CEI está oficialmente instalada, cumprindo determinação do artigo 58 do Regimento Interno, que dá prazo de 15 dias para início das atividades. Conforme especificado na Portaria 2033/18 de constituição da CEI, os vereadores terão 45 dias para apresentar o relatório final.

InSaúde

A InSaúde substituiu o Centro de Estudos e Pesquisas João Amorim (Cejam), que atuava no município desde 2012 e atendeu Arujá de setembro de 2017 a fevereiro de 2018. Na ocasião, assinou contrato de pouco mais de R$ 28 milhões/ano com a administração municipal para gerenciar a Maternidade Municipal Dalila Ferreira Barbosa e os Pronto Atendimento do Centro e do Parque Rodrigo Barreto, após vencer o Chamamento Público 01/2017. O contrato, no entanto, foi suspenso e, posteriormente, rompido pela Secretaria Municipal de Saúde depois de a InSaúde ter sido citada na Operação Ouro Verde, que investiga suposto esquema de distribuição de propina por organizações sociais a agentes públicos.  

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

silmara@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Publicado em 17/12/2018

Texto: Silmara Helena

Fotos: Imprensa/CMA