Cocera Cabelo pede à Prefeitura vistoria a tanques de combustíveis no Centro Industrial

16abr
image_pdfimage_print

O vereador José Sidnei Schaide (PR), o Cocera Cabelo, demonstrou, durante pronunciamento feito em tribuna na sessão ordinária de 6/4/2015, sua preocupação com o armazenamento de produtos inflamáveis no Centro Industrial de Arujá.

Ele solicitou à Prefeitura que, em conjunto com a Companhia de Tecnologia em Saneamento Ambiental (Cetesb), realize vistoria nos tanques e averiguação de documentos das empresas responsáveis pelos combustíveis. “Vimos o que ocorreu em Santos e é importante que se faça uma verificação. Se estiver tudo certo, melhor”, salientou.

Cocera Cabelo se referiu ao incêndio ocorrido na distribuidora de gás Ultracargo/Tequimar, localizada em Santos, litoral Sul de São Paulo, no último dia 2/4, e que foi extinto pelo Corpo de Bombeiros oito dias depois. As chamas atingiram tanques de gasolina e etanol e obrigou à interdição da Via Anchieta. Os graves danos ambientais, provocados pelo acidente, ainda estão sendo apurados. Não houve vítimas fatais.

Parque Industrial

De acordo com o site da Prefeitura, o Parque Industrial de Arujá reúne mais de 15 mil empresas que, juntas, geram cerca de 80 mil empregos.  O município possui dois núcleos industriais distintos: um deles, denominado Centro Industrial, fica às margens da Rodovia Presidente Dutra (sentido Rio-São Paulo) e conta com aproximadamente 60 empresas.

O outro parque industrial é denominado Pólo Industrial e também fica às margens da Rodovia Presidente Dutra, mas no sentido São Paulo-Rio de Janeiro. A área conta com aproximadamente 30 empresas instaladas. Existem ainda algumas empresas que se situam em outros pontos da cidade, como por exemplo, na divisa de Arujá com Guarulhos.

 

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

4652-7015

Publicada em 16/04/2015