Começa sábado (8/11) vacinação contra sarampo e paralisia

06nov
image_pdfimage_print

Campanha segue até 28/11

 A Secretaria de Saúde de Arujá inicia neste sábado (08/11) a campanha de vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil) e o sarampo em crianças de seis meses a 5 anos incompletos (4 anos 11 meses e 29 dias). A meta é que 95% do público alvo, mais de seis mil crianças sejam imunizadas no município. 

Realizada em todo o Brasil pelo Ministério da Saúde, a campanha vai até o dia 28. A vacinação acontece no Centro de Saúde (CS) II e nas Unidades Básicas de Saúde Parque Rodrigo Barreto, Jardim Emília, Mirante, Nova Arujá e Jardim Real, das 8 às 17 horas.

Neste ano, a campanha conta com dois Dias D. O primeiro é neste sábado e o segundo no próximo dia 22, das oito da manha às cinco da tarde, em todas as unidades de saúde envolvidas na imunização.

Os pais ou responsáveis devem levar as crianças, com os cartões de vacina, aos postos de atendimento. No caso dos menores que estiverem sem o documento, será fornecido um comprovante de aplicação das vacinas. Outras informações podem ser obtidas no telefone 4655 2871.

Poliomielite

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança não vai a óbito quando infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada pelo poliovírus e a infecção se dá, principalmente, por via oral. Os sinais mais característicos da doença são febre, mal estar, dores de cabeça, de garganta e no corpo, vômitos, diarréia, rigidez na nuca e meningite.

Segundo dados do Ministério da Saúde, a poliomielite está erradicada no Brasil desde 1990.
Por meio da campanha devem ser imunizadas crianças de seis meses a 5 anos de idade incompletos.

Sarampo

O sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns são febre alta, tosse, manchas avermelhadas, coriza e conjuntivite. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções expelidas pelo doente ao tossir, falar ou respirar. As complicações infecciosas contribuem para a gravidade do sarampo, particularmente em crianças desnutridas e menores de um ano de idade. A única forma de prevenção é por meio da vacina.

Devem receber a dose da vacina as crianças com idade entre 1 e 4 anos 11 meses e 29 dias.

Clique e confira os postos de atendimento dos Dias D da campanha (8 e 22/11)

 
Fonte: Prefeitura de Arujá
Publicada em 06/11/2014