Comissão da Câmara discute integração de forças de segurança em Arujá

13set
image_pdfimage_print

Com o intuito de discutir medidas que visem a integração das forças de segurança do município, os vereadores Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB) e Ana Cristina Poli (PL), presidente e vice-presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara, respectivamente, participaram de uma reunião na Prefeitura com autoridades que compõem o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da cidade de Atibaia, referência nacional em atuação e combate ao crime.

O objetivo específico do encontro, como salientaram os parlamentares, foi o de discutir o modelo do GGI de Atibaia a fim de implementar em Arujá um sistema semelhante, integrando a Guarda Civil Metropolitana (GCM) arujaense, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e outras forças de segurança.

A abertura do evento foi realizada pelo prefeito José Luiz Monteiro (MDB), que destacou os esforços de sua gestão no sentido de viabilizar uma efetiva política de segurança em Arujá, uma vez que o tema é tido pela população como um dos mais importantes. “Reestruturamos e reequipamos toda a Guarda e fico feliz pela vinda de vocês aqui porque sempre há meios de melhorar e nada melhor do que a troca de experiências”, disse o chefe do Executivo.

Participaram ainda o secretário municipal de Segurança Pública, Carlos Roberto Vissechi, o comandante da Guarda, José Carlos Silva, o subcomandante da corporação, Uelton Almeida, o tenente Ronildo Lopes, comandante atual da Polícia Militar na cidade, e fiscais da Prefeitura, além de GCMs de Suzano. De Atibaia, compareceram o vice-prefeito Emil Ono, o secretário de Segurança Pública, Lucas de Oliveira Cardoso, o delegado Elton Costa e o capitão da PM, Wanderley Turolla.

Legislativo

“É muito bom ver que é possível fazer isso em Arujá. A GCM já é um destaque da gestão do prefeito e quando a Prefeitura traz um trabalho de referência para uma reunião como esta está sinalizando de maneira clara e objetiva que é esse o modelo que quer implantar por aqui”, avaliou Luiz Fernando. “A Câmara e a Comissão de Segurança são totalmente favoráveis”, disse o parlamentar, que também ressaltou que emendas do deputado federal Roberto de Lucena (PV) devem incrementar ainda mais as ações da guarda. A vereadora Ana Poli também se colocou à disposição para implementação do Gabinete.

GGI

No município paulista de Atibaia, o Gabinete de Gestão Integrada funciona desde março de 2017 integrando forças de segurança como a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Polícias Militar, Ambiental e Rodoviária, Guarda Civil Metropolitana, Corpo de Bombeiros, além do poder público, Ministério Público e Judiciário. O GGI trabalha com os princípios de integração, compartilhamento de informações e operações conjuntas.

Outro tema abordado, foi a Muralha Digital, que se configura pela instalação de câmeras de monitoramento em todo o perímetro do município, de forma a não apenas elucidar ocorrências como preveni-las. A proposta é de que Arujá também desenvolva um sistema semelhante.

Outra ação destacada pelo GGI de Atibaia foi o programa Vizinhança Solidária, que naquele município abarca 57 bairros.

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

silmara@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7000 ramal 7067

Publicado em 13/9/2019

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA