Contra reorganização das escolas, Paraíba Car faz enterro simbólico de Alckmin

20out
image_pdfimage_print

Em protesto contra a reorganização das escolas estaduais e ameaça de fechamento de salas de aulas em Arujá, o vereador Sebastião Vieira de Lira (PSDC), o Paraíba Car, organizou, em conjunto com alunos da rede pública de ensino, o enterro simbólico do governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

19.10.15_Paraiba_enterro_GA

Paraíba Car com o caixão de Geraldo Alckmin na Câmara

O parlamentar levou o caixão à Câmara durante realização de sessão ordinária de segunda-feira (19/10). Ele também apresentou moção de repúdio (nº 221/2015)à medida proposta pela Secretaria Estadual de Educação que, se executada, poderá prejudicar milhares de alunos. A ideia é dividir as escolas por ciclo e por idade, obrigando uma parte dos estudantes a estudar mais longe de casa. O sindicato dos professores também acredita que poderá haver superlotação nas classes e  demissão de docentes.

Na propositura, aprovada com 13 votos favoráveis, Paraíba Car faz críticas à reestruturação e afirma que a atitude do governo obedece apenas à lógica da economia. “Para os representantes de professores, supervisores, diretores e pais de alunos, a proposta quebra o vínculo do aluno com sua escola, gera problemas de logística na organização de horários e itinerários para os pais e não resolve as deficiências em relação à qualidade de ensino e, como pano de fundo, é mais uma estratégia para complementar a transferência da responsabilidade da educação às Prefeituras”.

A manifestação foi destaque na edição do jornal Diário de Arujá de terça-feira (21/10).

Em reportagem do site Terra, o governo estadual negou os problemas, apontou divergências de informações e considerou as manifestações precipitadas.

A moção será encaminhada ao governador do Estado, à Secretaria de Educação, à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, à Câmara dos Deputados em Brasília, ao Ministério da Educação, a todas as escolas da cidade e a emissoras de rádio e televisão.

A bancada do PTB também apresentou uma outra moção  – esta de apelo (nº 224/2015) – à Secretaria Estadual de Educação, na qual pede mais diálogo do governo com a rede sobre as medidas. A  propositura foi aprovada pela Casa, que debateu intensamente o assunto na sessão ordinária de segunda-feira (19/10).

 

 

Câmara de Arujá
Assessoria de Comunicação
4652-7015
imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

Publicada em 20/10/2015