Convocado a depor, Joncy Silva nega atuação em favor de esposa na eleição de Conselho Tutelar

O diretor geral da Prefeitura de Arujá e secretário de Cultura, Joncy José da Silva Filho, negou ter utilizado de sua influência como servidor público do alto escalão municipal para favorecer Natália da Silva Simão, com quem mantém união estável, na eleição do Conselho Tutelar. Ele depôs na última quinta-feira (23/1) à Comissão Especial de Inquérito (CEI), que apura supostas irregularidades no pleito realizado em 2019 sob a coordenação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Joncy foi convocado a depor para esclarecer a veracidade de uma denúncia recebida pelo vereador e presidente da CEI, Sebastião Vieira de Lira (DC), o Paraíba Car, durante o período eleitoral, sobre suposto tráfico de influência envolvendo o servidor. Uma postagem no Facebook teria levantado a suspeita. Nela, uma funcionária da Prefeitura, chamada Agda, ligada à Frente de Trabalho Municipal, teria manifestado apoio à candidatura da Natália.

Joncy, no entanto, salientou não ter postagem sua
nas redes. “Então o senhor não pode dizer que fiz tráfico de influência. Não há
nada em meu nome”, refutou o diretor.

Joncy durante depoimento no Plenário Vereador João Godoy

Paraíba Car, no entanto, deixou claro a Joncy que ele não depunha na condição de acusado. “Aqui não fabricamos provas. Apenas queremos esclarecer se houve ou não uso da máquina púbica para favorecer a candidata Natália”, explicou.

Joncy então confirmou que ele e Natália estão
juntos há 11 anos. Ele negou qualquer interferência na disputa eleitoral ao
Conselho Tutelar. À indagação sobre tráfico de influência foi enfático:
“Jamais”.

No decorrer do depoimento, o diretor ainda revelou
que sempre foi contrário à candidatura da esposa e, por isso, evitava falar
sobre o assunto. “Ela cursa direito, não precisa disso”, afirmou.

Relator da CEI, o vereador Edimar do Rosário (Republicanos), o Pastor Edimar de Jesus, reforçou o questionamento ao diretor sobre sua atuação em favor de Natália. Joncy, mais uma vez, negou assim como sua possível ingerência sobre a frente do trabalho. “A dona Agda, citada, não responde a mim e sim à secretária de Assistência Social. Quando soube da postagem, alertei Natália, pois também havia recebido uma notificação do CMDCA”, explicou. Segundo ele, após esses avisos, a situação teria sido resolvida.

Diretor geral da Prefeitura negou ter utilizado influência para favorecer esposa em eleição do Conselho Tutelar

Portas
fechadas

Questionado por Paraíba Car sobre o fato de o CMDCA estar fechado em um dia útil, Joncy disse desconhecer os motivos. “O CMDCA e o Conselho Tutelar, são órgãos autônomos e fiscalizados pelo Ministério Público”, destacou.

A informação foi trazida à oitiva pois em diligência ao órgão, Paraíba Car encontrou a sede fechada, já que a única funcionária do local estava de férias. Na ocasião e a fim de dar continuidade à investigação, o vereador solicitou à Prefeitura de Arujá que determinasse a abertura do CMDCA. Ele foi atendido por Joncy, que confirmou o relato.

O presidente da CEI perguntou então a Joncy se a
atual presidente do CMDCA Maria da Conceição Melo Veras Galbetti teria
utilizado o telefone do Gabinete do Diretor para falar com a Secretaria
Jurídica da Câmara sobre a diligência. “Em momento algum falei com a Dra.
Conceição. Essa ligação não foi da minha sala”, garantiu.

Convocações

Ao final da oitiva, Paraíba Car informou que insistirá na convocação de Natália para depor à CEI assim como de outros candidatos e envolvidos no processo eleitoral.

Na próxima sexta-feira (31/1), às 14h, a CEI fará
nova coleta de depoimentos. Desta vez, o convocado é o presidente da subsecção
da OAB de Arujá.

Também acompanharam as oitivas de 23/1, os vereadores Edvaldo de Oliveira Paula (PSC), o Castelo Alemão, e Renato Bispo Caroba (PT).

Veja a íntegra do depoimento no canal oficial da Câmara no YouTube.

Assessoria
de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

silmara@camaraaruja.sp.gov.br

(11)
4652-7015

Texto: Silmara Helena

Fotos: Imprensa/CMA