Detran amplia dias e horários para realização de serviço de vistoria veicular em Arujá

17abr
image_pdfimage_print

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) decidiu ampliar os dias e horários para realização do serviço de vistoria veicular em Arujá. A demora no atendimento aos motoristas, que chegava a 15 dias, foi criticada pelo vereador Márcio José de Oliveira (PROS), o Dr. Márcio, durante pronunciamento realizado na tribuna da Casa Legislativa em 30/03/2015.

“Este prazo desestimula o cidadão a transferir o seu veículo para Arujá e interfere no volume de recursos que pode ser arrecadado pelo município por meio do recolhimento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)”, afirmou.

O Detran admitiu a demora e anunciou que, a partir desta quinta-feita (23/4), o serviço passa a funcionar de segunda a sexta-feira das 9h às 12h e das 13h às 17h – a alteração do expediente já consta do site do Detran-SP. No entanto,é necessário agendamento prévio. A 271ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Arujá fica na praça Bartolomeu Bueno, 7,Centro.

De acordo com assessoria de imprensa do órgão, “o tempo médio para realização do serviço é de dez dias. No entanto, desde março, devido à alta procura de veículos de autoescolas, que precisavam fazer a vistoria para obter renovação do credenciamento, o prazo é de até 15 dias”. A expectativa é que com a alteração nos dias e horários de vistoria, o tempo de espera seja reduzido. Até então, o serviço era realizado somente às segundas, quartas e sextas-feiras das 10h às 12h e das 13h às 16h.

Dr. Márcio reforçou a importância desta medida ao salientar que a receita do IPVA é muito significativa para a cidade. “Até 2013, Arujá estava entre as 32 cidades do Brasil com maior renda per capita oriunda deste tributo – o que significou R$ 13,9 milhões de arrecadação e quase R$ 7 milhões inclusos no orçamento do município”, afirmou o parlamentar.  O dado consta da edição da Revista Multi Cidades 2014 da Frente Nacional de Prefeitos.

“A sensibilidade do Detran em perceber esta necessidade trará impacto positivo para os cidadãos, individualmente, para os profissionais que atuam neste setor e para a cidade, por meio do maior recolhimento desse imposto”, salientou Dr. Márcio, um dos responsáveis por incentivar moradores da cidade a transferir a documentação dos seus veículos para Arujá.

Do valor arrecadado com o IPVA, 50% fica como receita para o município.

 

 

 

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

4652-7015

Publicada em 16/04/2015