Escola de Música: reivindicações começam a ser atendidas

29ago
image_pdfimage_print

Pais participaram de reunião

A mobilização de pais, professores e vereadores da Câmara de Arujá em torno da necessidade de melhorias no funcionamento da Escola Livre de Música Edmundo Ramos Barbosa, no Jardim Rincão, começa a dar os primeiros resultados. Onze pais participaram da reunião realizada na sexta-feira (29/8) com o novo diretor, o professor Everton Moreno. Eleito pelos docentes da unidade, Moreno é funcionário efetivo e ficará no cargo até que a Prefeitura realize concurso para ocupar a vaga.

Além da indicação do novo diretor, que integra a lista de solicitações do grupo, também foram iniciados os processos de compra do piano e de outros instrumentos musicais, como  guitarra, violão e teclado. Produtos de higiene e limpeza"Houve avanços", diz vereador,

em falta na escola, foram repostos em quantidade suficiente para atender a demanda até dezembro, conforme informações da Secretaria de Cultura.

O vereador Rogério Gonçalves Pereira (PT), o Rogério da Padaria, que está acompanhando os trabalhos, disse que os pais estão confiantes. “Houve avanços sim, mas a mobilização continuará. Temos reunião marcada novamente para a próxima semana”, salientou.

Em audiência pública realizada no dia 21/8, pais de alunos e professores reclamaram das condições precárias da escola e exigiram providências da Prefeitura. Além da aquisição de instrumentos, o grupo também reivindicou a ampliação dos cursos, elaboração de plano de carreira para os professores e destinação de orçamento para manutenção da unidade.

Uma comissão foi formada para dialogar com a administração municipal e viabilizar o atendimento da pauta de reivindicações definida na audiência (Veja quadro abaixo).

A secretária de Educação, Maria Goretti Alencar Aguiar, não compareceu à reunião devido a problemas de saúde.

 

 

Pauta de reivindicações

  • Montar comissão para acompanhar atendimento de reivindicações
  • Nomeação do novo diretor
  • Plano de Carreira para Professores
  • Criação de ficha orçamentária para a Escola de Música
  • Garantia de transporte para os alunos
  • Polos descentralizados
  • Compra de instrumentos
  • Garantia de lanche aos alunos
  • Inclusão de aulas para formação de Dj’s
  • Criação de curso de bateria
  • Piso adequado para aulas de dança
  • Lista de material para viabilizar compra por meio de processo licitatório

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação/Câmara de Arujá