Escola e mais segurança são demandas do Nova Arujá e Jordanópolis

18jun
image_pdfimage_print

Grupo de pais e mães de estudantes da EE República Dominicana reivindicou, durante audiência pública sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO ) 2016, organizada pela Câmara de Arujá, na última terça-feira (16/6), a construção de uma escola de ensino fundamental para atender aos bairros Jordanópolis e Nova Arujá. Há pelo menos cinco anos a Prefeitura e o governo estadual compartilham o mesmo prédio e crianças e adolescentes, entre sete e 17 anos, o mesmo espaço físico.

Quem tem filhos em idade escolar reclama da convivência entre alunos de faixas etárias muito diferentes e da falta de estrutura adequada para lazer e recreação. “É necessário uma escola para as crianças pequenas”, disse a cabeleireira Adilza Maria Pereira Placidino. A empresária Patrícia da Silva criticou as condições de aprendizado. “As crianças estão largadas e não deveriam ser submetidas a esta situação”.

Moradores apresentam demandas do Nova Arujá e Jordanópolis

Surpreso, o vereador Márcio José de Oliveira (PROS), Dr. Márcio, disse que, até aquele momento, desconhecia o problema e que irá averiguar o caso. “Precisamos entender os motivos que levaram à tomada desta providência”, afirmou. A escola possui duas diretoras – uma que responde ao Estado e outra que responde à Secretaria Municipal de Educação.

A falta de policiamento e os altos índices de roubos e assaltos também foram assuntos debatidos. “As ruas aqui são ermas e ninguém conhece os vizinhos. A Base (Comunitária) nunca serviu para nada e os quintais precisam ser fechados por conta dos assaltos”, relatou novamente a empresária Patrícia.

A professora Maria Alves Ribeiro disse que cercar o bairro não teve o resultado esperado. “Foi uma medida paliativa que não deu em nada. Acabamos por aprisionar o morador”, lamentou.

Dr. Márcio defendeu a aplicação da Lei da Atividade Delegada e mais investimentos na Guarda Municipal. Ele também salientou que a questão da escola deve ser verificada a partir da análise do Plano Municipal de Educação e dos recursos disponíveis na LDO para construção de novas unidades. As duas propostas estão em análise na Câmara.

 

 

Câmara de Arujá
Assessoria de Comunicação
4652-7015
imprensa@camaraaruja.sp.gov.br
Publicada em 17/06/2015