“Estou pronta para viver este momento”, diz Lúcia Ribeiro

13jan
image_pdfimage_print

Maria Lúcia de Souza Ribeiro (PTB) assume uma cadeira no Legislativo arujaense com a árdua tarefa de representar o eleitorado feminino. Há cinco anos as mulheres se ressentem da falta de representatividade na Casa.

Primeira suplente da Coligação Frente Unida por Arujá (PC do B/PDT/PSD/PTB/PV), Lúcia Ribeiro foi empossada ontem (12/01) em sessão extraordinária presidida pelo colega de partido Reynaldo Gregório Junior, o Reynaldinho, em seu primeiro ato oficial como Presidente. Ela ocupará a vaga deixada por Júlio Taikan Yokoyama (SD), o Júlio do Kaikan, nomeado secretário de Cultura e Turismo pelo prefeito Abel Larini (PR).

Em seu primeiro discurso, após prestar juramento, Lúcia fez uma série de agradecimentos e disse que, a exemplo do Rei Salomão, pediu a Deus “sabedoria” para conduzir o mandato. “Fomos caminhando, caminhando e chegamos. É a realização de um sonho”, complementou.

Lúcia Ribeiro e os colegas do Legislativo

Lúcia Ribeiro e os colegas do Legislativo

 

Arujá elegeu sua primeira mulher em 1997- a professora Maria Jupira do Carmo Figueiredo- e chegou a ter cinco mulheres no Legislativo no período de 2001 a 2004. Quatro anos depois, nenhuma foi reeleita. Em 2010, Ana Cristina Poli chegou a assumir por cinco meses no lugar do vereador Márcio José de Oliveira (PROS), à época nomeado secretário de Desenvolvimento Econômico.Na última eleição, nenhuma candidata conseguiu vaga no Legislativo.

Servidora pública municipal há dez anos, Lúcia Ribeiro já representa Arujá na Comissão de Políticas Públicas para Mulheres do Consórcio para o Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) e, enquanto esteve na Prefeitura, atuou nas secretarias de Administração, Saúde e Assistência Social.

“As questões relacionadas aos direitos das mulheres estarão presentes em meu mandato e espero corresponder às expectativas. Sinto-me honrada de ter a oportunidade de mostrar meu trabalho. Estou pronta para viver este momento”, afirmou. Segundo ela, ser a única mulher no Legislativo é uma grande responsabilidade. “Gostaria que tivesse outras, mas já que assumi tentarei fazer o melhor”.

Saudada pelos colegas, Lúcia recebeu elogios e mensagens de boas-vindas.

O vice-prefeito de Arujá Luiz Alves, o Luiz Bananeiro, o recém-empossado secretário de Cultura e Turismo, Júlio do Kaikan,o presidente do Diretório Municipal do PTB, Adjalma do Carmo Tereza, o Didi além de parlamentares, lideranças comunitárias e religiosas, prestigiaram a posse.

Perfil

Natural de Nanuque, em Minas Gerais, Lúcia Ribeiro tem 50 anos. Chegou a Arujá na década de 80. É formada em Direito pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) e pós-graduada em Direito do Trabalho e Previdenciário pela Escola Paulista de Direito (EPD). Casada, tem quatro filhas e uma neta.

 

Veja juramento e íntegra do primeiro discurso da nova vereadora:

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

4652-7015

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

Publicada em 13/01/2015