“Faltas pontuais”, diz secretária de Saúde sobre falta de medicamentos

21nov
image_pdfimage_print

Em resposta a requerimento (nº 1633/18) do vereador Sebastião Vieira de Lira (PSDC), o Paraíba Car, a secretária municipal de Saúde, Carmen Pellegrino, reconheceu “faltas pontuais” de medicamentos nas unidades de atendimento do município.

Paraíba Car questionou sobre a ausência de pagamento aos ex-funcionários da Inovação. Fotos: Imprensa/CMA

O vereador ainda questionou sobre a ausência de pagamento aos ex-funcionários da Organização Social (OS) Instituto Inovação, contudo, mais uma vez, a Prefeitura de Arujá se esquivou da responsabilidade solidária.

“Quanto ao pagamento de funcionários, informamos que a Prefeitura de Arujá realiza periodicamente os repasses, sendo de responsabilidade da Organização Social o pagamento desses funcionários”, disse a nota.

A titular da pasta também justificou os problemas pelo “processo de transição” da empresa, que se concretizou no dia 19/10, quando o Instituto de Desenvolvimento de Gestão, Tecnologia e Pesquisa em Saúde (IDGT) assumiu o serviço.

No dia 6/11, o vereador Paraíba Car já havia confrontado, pessoalmente, a secretária de Saúde durante a realização de uma sabatina na Câmara. Na ocasião, ele também cobrou providências quanto aos salários e rescisões atrasadas e sobre o processo que originou o contrato emergencial com a terceirizada.

 

 

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

(11) 4652-7000 / 7067

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA

14/11/2018