Falta de informação sobre bancos conveniados em carnês de IPTU tem prejudicado munícipes, aponta Abelzinho

22fev
image_pdfimage_print

O vereador Abel Franco Larini (PR), o Abelzinho, utilizou a Tribuna durante Sessão de 20/02 para apontar uma possível falha de informação nas instruções de carnês do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) impressos e emitidos pela Prefeitura de Arujá. Segundo o parlamentar, embora nos documentos conste que a maioria das instituições bancárias aceita o pagamento, na prática, nem todos os grandes bancos têm realizado o recebimento dos valores, o que tem causado frustração entre os contribuintes.

“Tenho recebido muitas reclamações e queria que o Sr. oficiasse a Secretaria de Finanças, pois os munícipes receberam os carnês de IPTU, cujas instruções dizem que a maioria dos bancos é conveniada e aceita pagamento, no entanto, isso não é verdade”, disse Abelzinho dirigindo-se ao presidente do Legislativo, Reynaldo Gregório Junior (PTB), o Reynaldinho.

“O munícipe tem se dirigido ao banco para pagar seus impostos, chegando a esperar de 30 a 40 minutos na fila, mas ao chegar na boca do caixa não consegue realizar o pagamento”, disse o parlamentar, que apontou um constrangimento desnecessário aos contribuintes.

O vereador Edimar do Rosário (PRB), o Pastor Edimar de Jesus, também disse em Tribuna ter recebido relatos do mesmo problema.

Prefeitura

De acordo com a Secretaria Municipal de Finanças, as instituições Santander, Caixa Econômica Federal e Bradesco estão aceitando os pagamentos dos documentos normalmente.

Já as instituições Banco do Brasil e Itaú, segundo informação transmitida pelas próprias à Pasta, estão com o sistema operacional em fase final de testes para também iniciar o recebimento dos pagamentos.



Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa.camaraaruja@gmail.com

renan@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7000 / 7067

Publicado em 22/02/2019

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA