LDO 2018: Câmara inicia análise da peça orçamentária

03maio

Cidade prevê arrecadar mais de R$ 300 milhões. Foto: Imprensa/CMA

O projeto de Lei nº 06/2017, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, foi incluído para leitura na sessão ordinária de segunda-feira (24/4) e começa a ser analisado pelos vereadores. A LDO forma, juntamente ao Plano Plurianual (PPA) e à Lei Orçamentária Anual (LOA), as três principais peças de planejamento do orçamento público. Na prática, orientam a aplicação dos recursos arrecadados no município durante um determinado período – 1 ano, no caso da LOA e da LDO – e quatro anos – no caso do PPA.

Em mensagem enviada ao Legislativo, o prefeito José Luiz Monteiro (PMDB) reforça as preocupações com o equilíbrio fiscal e o cumprimento dos percentuais constitucionais obrigatórios destinados à Saúde e à Educação. E também se compromete a adotar medidas para aumentar a arrecadação, combater a sonegação e incrementar a cobrança da dívida ativa.

A peça orçamentária prevê arrecadação de R$ 306,6 milhões para o próximo exercício, destacando-se no montante as receitas tributárias, que totalizam R$ 87,2 milhões, as receitas de contribuição (taxa de luz), que somam R$ 4,9 milhões, e as transferências correntes – R$ 212,5 milhões (recursos vindos dos governos estadual e federal).

Para acessar a íntegra da LDO, acesse: LDO 2018

 

 

 

 

 

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Publicado em 05/05/2017

Fotos: Imprensa/CMA

 

image_pdfimage_print