Problemas na divisa entre Arujá e Guarulhos mobilizam lideranças políticas

08abr
image_pdfimage_print

Lideranças políticas estão mobilizadas na tentativa de solucionar ou pelo menos minimizar os problemas enfrentados pelas famílias que residem na divisa entre Arujá e Guarulhos, nas proximidades do rio Baquirivu e do Córrego dos Cavalos. Moradores dos bairros Recanto Primavera, Jardim Aracília e Beira Rio sofrem com as enchentes em épocas de chuvas fortes. No início do ano, famílias do Beira Rio tiveram as casas invadidas pelas águas. Neste caso, a situação ainda envolve ocupação irregular de terreno em área de risco – as residências foram construídas sobre o curso d’água.

Baquirivu_técnicos

Técnicos durante vistoria ao Baquirivu /Foto: Comunicação/PMA

Tanto a necessidade de limpeza do rio quanto de solução para a questão habitacional são temas constantes de debate na Câmara de Arujá e também motivaram a reunião ocorrida entre os prefeitos Abel Larini (PR) e Sebastião Almeida (PT) com o superintendente do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), Ricardo Borsari.

Durante o encontro, que contou com a participação do presidente do Legislativo, Renato Caroba, e do deputado estadual Alencar Santana, ambos do PT, os prefeitos pediram o desassoreamento do Baquirivu no trecho de Guarulhos. A medida reduziria o impacto do encontro das águas do rio com o Córrego dos Cavalos, evitando as cheias e as drásticas consequências para a vizinhança. O DAEE  aguarda liberação de recursos da Secretaria Estadual de Recursos Hídricos para realizar a obra.

21.03.16_Beira_Rio

Moradores do Beira Rio durante protesto na Câmara

No Legislativo, duas moções tratando do assunto foram aprovadas. A primeira, de autoria do vereador Wilson Ferreira da Silva (PSB), Dr. Wilson, – nº 246/2016 – na sessão de 22/02/2016. Na propositura, o parlamentar apelo ao prefeito Almeida a execução de serviços de recuperação de vias do Jardim Aracília a fim de evitar prejuízos aos moradores da região do Recanto Primavera – bairro vizinho, em território arujaense.

21.03.16_Gil_Gas_joelho

Gil do Gás

Em março, o vice-presidente do Legislativo, Gilberto Daniel (DEM), o Gil do Gás, apresentou e teve aprovada a moção nº 252/2016, no qual apela ao Secretário Estadual de Habitação, Rodrigo Garcia, e aos prefeitos das duas cidades ações mais efetivas na área habitacional, já que parte das famílias residentes na divisa encontra-se em área de risco. Ele chegou a ficar de joelhos em plenário. A propositura, foi aprovada em 21 de março, diante de dezenas de moradores que lotaram as galerias em protesto.

Gil do Gás visitou as famílias do Beira Rio acompanhado de técnicos da Secretaria Estadual de Habitação e da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e pediu agilidade na construção de casas populares na região da Fazenda Albor. O governo estadual pretende viabilizar o empreendimento por meio de uma Parceria Público-Privada, que está em fase de estudos.

No último dia 5/4/2016 técnicos do DAEE realizaram vistoria no rio Baquirivu a fim de levantar os pontos mais críticos, que serão desassoreados.

Foto principal: Comunicação/PMA

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

4652-7015

Publicado em 08/04/2016