PM nega possibilidade de instalar bases comunitárias no Mirante e no Jordanópolis

06maio
image_pdfimage_print
14.09.15_Paraiba_Car_4

Paraíba Car

O comandante da Polícia Militar em Arujá capitão Rodrigo Fernandes da Silva Almeida descartou a possibilidade de instalar bases comunitárias nos bairros Jordanópolis e Mirante. Em resposta enviada à Prefeitura de Arujá, através ofício nº 120/33/16, o militar afirmou que “os bairros são contemplados com patrulhamento ostensivo diário e, no momento, não há interesse em instalação de Base Comunitária”.

Os pedidos de informação sobre a viabilidade de implementar postos fixos de policiamento nestas duas localidades foram feitos pelo vereador Sebastião Vieira de Lira (PSDC), o Paraíba Car, por meio dos requerimentos nº 2151/16 e nº 2170/16

Jardim Emília

28.10.15_Jussival_base_Jardim_Emilia

Jussival em frente à base desativada do Jardim Emília

Quanto ao Jardim Emília, onde existe uma base desativada da PM, a Prefeitura informou ao vereador Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria, que verificará se a PM ainda pretende utilizar o prédio. Isso porque o parlamentar sugeriu que a antiga área e a respectiva construção fossem destinadas a uma entidade.

O vereador Jussival Marques de Souza (PMDB) no entanto defende a reativação do posto policial do Emília devido à necessidade de reforçar a segurança. O bairro está localizado nas proximidades da Rodovia Presidente Dutra (BR 116) e do Rodoanel Mario Covas, o que, segundo os moradores, tem aumentado o índice de furtos e assaltos. Ele esteve no local em outubro do ano passado  e constatou a situação precária das instalações.

 

 

 

 

 

 

 

 

http://camaraaruja.sp.gov.br/jussival-questionara-prefeitura-sobre-funcionamento-de-base-comunitaria-no-jardim-emilia/