Prefeitura diz não existir estudo para terceirização de pátio de veículos

23maio

A Prefeitura de Arujá descartou a possibilidade de terceirizar o pátio de veículos. Em resposta encaminhada ao vereador Odair Neris (PSB), o Mano’s, o diretor do Departamento de Trânsito Thiago Silva afirmou não existir estudo para este fim e que dos mais de 800 carros apreendidos até fevereiro na cidade somente oito eram de responsabilidade do município.  Carros_removidos_DMT_1

Mano’s cobrou retorno da administração municipal, por meio do requerimento nº 2124/16,  pois há três anos encaminhou indicação (nº 1331/13) na qual juntou um anteprojeto de Lei que autorizava a Prefeitura a conceder outorga dos serviços de trânsito, incluindo, administração, gerenciamento, controle e operação do pátio, à iniciativa privada.

Na avaliação do parlamentar, a medida agilizaria o recolhimento dos veículos, melhorando a qualidade do serviço prestado. “A administração do pátio por uma entidade privada, a exemplo de outros municípios, traria vários benefícios à administração”, salientou na justificativa.

Silva adiantou no entanto que a Secretaria de Estado da Segurança Pública avalia a possibilidade de licitar pátio próprio para atender a demanda.

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

4652-7015

Publicado em 23/05/2016

image_pdfimage_print