Prefeitura inicia reflorestamento de área próxima ao Fórum

04nov
image_pdfimage_print

A Prefeitura de Arujá iniciou nesta quarta-feira (6/11) o trabalho de reflorestamento da área localizada nas proximidades do Fórum. A ação, coordenada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, foi acompanhada pelo vereador Renato Bispo Caroba (PT). O plano de recuperação ambiental prevê o plantio de 240 espécies nativas em uma extensão de 1.840 metros.

04.11.15-Caroba_Julio_2

Caroba e Júlio do Kaikan em área do Fórum

“Este replantio é uma reparação tendo em vista que houve uma autorização equivocada para o corte de árvores neste local”, disse Caroba ao salientar o papel preponderante do Legislativo na cobrança por providências.

A supressão das espécies na região do Fórum provocou duras críticas à Prefeitura. Além disso, a administração foi penalizada com multa e o Ministério Público abriu investigação para apurar responsabilidades. O corte, autorizado pelo secretário José Abílio Gouvêa Teixeira, titular da pasta na ocasião, teria atingido 63 árvores, segundo ambientalistas, ainda que oficialmente o pedido solicitasse apenas a retirada de 13 eucaliptos.

Há perspectiva, no entanto, de rápida revitalização da área. “Como percebemos a regeneração natural das espécies em todo o terreno, é possível estimar que, em três anos, esta área esteja completamente recuperada”, garantiu o biólogo Luiz Gonzaga, um dos responsáveis pela execução do plano. Ele esclareceu ser comum, em áreas de florestas, existir de “bancos de sementes” e, após um corte, ocorrer o crescimento de novas árvores.

O secretário do Meio Ambiente Júlio Taikan Yokoyama, o Júlio do Kaikan, afirmou que o plantio das mudas respeitou as características do local – “as árvores crescerão mais distantes das construções” – e não serão plantados eucaliptos.

Júlio, que assumiu recentemente a Secretaria, fez questão de salientar que o replantio somente foi possível devido ao trabalho feito por seu antecessor. “Estamos executando um plano que vinha sendo pensado por várias pessoas na Secretaria”, destacou.