Projeto quer obrigar condomínios a reciclar lixo

17set
image_pdfimage_print

Proposta é de autoria do Gil do Gás

Os condomínios residenciais de Arujá poderão ser obrigados a realizar a separação e a destinação de resíduos à reciclagem. O anteprojeto de lei, apresentado pelo vereador Gilberto Daniel (PRB), o Gil do Gás, foi aprovado na última sessão legislativa (15/9), por meio da indicação 2539/14. De acordo com a proposta, os condomínios deverão providenciar a separação de resíduos em, no mínimo, cinco tipos: papel, plástico, metal, vidro e não-recicláveis e entrar em contato com a cooperativa do bairro para garantir o recolhimento e a destinação adequada do material.
Na justificativa, Gil do Gás explica que diariamente são descartados e tratados como lixo  toneladas de embalagens e produtos que poderiam ser reaproveitados. “Todo este lixo é lançado indevidamente em lixões, aterros sanitários, rios, campos e até em locais habitados”, afirma ao enumerar os benefícios do processo de separação, reciclagem e reaproveitamento de resíduos. “A coleta seletiva é de extrema importância para a sociedade. Além de gerar renda para milhões de pessoas e economia para as empresas, também traz grande benefício para o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável do planeta”, apontou.
Caso a proposta se torne lei, o condomínio que não realizar a separação e a destinação correta do seu lixo será multado. A fiscalização ficará sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação/Câmara de Arujá

Publicado em 17/09/2014