Saúde nega falta de fraldas e medicamentos no CS-II

09mar
image_pdfimage_print

A secretária de Saúde da Prefeitura de Arujá, Clarinda de Fátima Carneiro, negou a indisponibilidade de fraldas geriátricas e medicamentos de uso controlado no Centro de Saúde II.

Em resposta aos requerimentos 1547 e 1548/15 de autoria do vereador Gilberto Daniel (PRB), o Gil do Gás, vice-presidente da Câmara, Clarinda informou, por meio do ofício 64/2015, que a última entrega de fraldas ao Serviço Social foi feita na primeira semana de janeiro de 2015 e já estava sendo providenciada a aquisição de nova remessa para suprir a demanda pelos próximos três meses. Quanto ao remédio carbamazepina 200 mg, a secretária foi enfática: “Informamos que o medicamento é fornecido pela Secretaria Estadual do Estado (Furp) e não está em falta”. Anexo ela encaminhou cópia de controle de estoque do almoxarifado da saúde indicando a existência do remédio. Gil do Gás _1

Gil dos Gás havia  solicitado informações sobre a regularização do fornecimento da fraldas que, segundo ele, estava em falta desde novembro, e também em relação ao medicamento que é de uso controlado e distribuído por meio do Ambulatório de Saúde Mental.

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

4652-7015

Publicada em 09/03/2015