Secretaria de Serviços: investimento em iluminação ornamental e planos para Operação Tapa-Buraco

28mar

A Câmara de Arujá realizou durante o mês de fevereiro uma série de reuniões com secretários municipais a fim de conhecer os planos de investimento de cada pasta para 2017. A primeira ocorreu em 20/2 com o secretário de Saúde, Messias Covre. Desde o último dia 24/3, iniciamos a apresentação de um balanço de cada encontro feito entre os gestores e o Legislativos e quais planos/dificuldades e desafios foram apresentados. As matérias estão seguindo a ordem cronológica. 

O secretário de Serviços Públicos Leandro Larini revelou que já tem contratada uma empresa para viabilizar a iluminação ornamental de praças e ruas da cidade. Segundo ele, este é o serviço que cabe à Prefeitura de Arujá executar considerando que a obrigação de substituir lâmpadas queimadas – ou seja efetuar a manutenção – continua sendo da Elektro.

Leandro Larini e os vereadores Profº Edval e Rafael Laranjeira, além do secretário de Habitação José Orlando da Silva em reunião no Legislativo

Leandro destaca ações de iluminação ornamental em praças e principais avenidas

“Estamos utilizando recursos da Contribuição para Iluminação Pública (CIP) para estes serviços. Iremos investir cerca de R$ 144 mil. Nosso objetivo é substituir as atuais luminárias por LED em áreas como das avenidas Amazonas e João Manoel”, adiantou.

Sobre a execução de serviços de limpeza e manutenção nos bairros – outra das principais reclamações da população –  Larini foi enfático: “Não temos recursos para recapear as ruas neste momento, mas a meta é contratar uma empresa para realizar uma operação tapa-buraco em toda a cidade”. Ele salientou, no entanto, que a Companhia de Abastecimento do Estado de São Paulo (Sabesp) “vem ajudando muito” no trabalho de recuperação das ruas pois catalogou 980 buracos e está cumprindo um cronograma de reparo nestes pontos. Além disso, equipes da Prefeitura estão realizando serviços em pontos considerados mais críticos.

A Secretaria de Serviços ainda é responsável pela Guarda Civil Municipal (GCM), o Departamento de Trânsito e as administrações regionais. O orçamento previsto para 2017 é de R$ 27,048 milhões – o quarto maior da administração.

Relação Institucional

Responsável também pela Secretaria de Governo, Leandro admitiu – após críticas do vereador Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria – dificuldades de diálogo entre os Poderes Executivo e Legislativo devido, em sua avaliação, aos ajustes de início de governo. “Falta entrosamento ao time”, salientou. Ele porém, se colocou à disposição dos vereadores para melhorar  a relação institucional entre Câmara e Prefeitura.

Participaram da reunião realizada em 21/2 os vereadores Edimar do Rosário (PRB), o Edimar de Jesus, Cristiane de Araújo Pedro (PSD), a Profª Cris do Barreto, Gabriel dos Santos (PSD), Edval Barbosa Paz, o Profª Edval, o secretário de Habitação, José Orlando da Silva, além de duas representantes do Conselho Tutelar de Arujá e da assessoria do vereador Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB), o Luiz Fernando.

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Publicado em 28/03/2017

 

 

image_pdfimage_print