Sem consenso, Conselho de Ética deverá marcar nova reunião

16jun

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar deverá se reunir novamente a fim de definir como será conduzida a apuração do tumulto ocorrido na sessão ordinária de 6/6. A confusão, que envolveu os vereadores Sebastião Vieira de Lira (PSDC), o Paraíba Car, e Vicente Nasser do Prado (PR), o Souzão, obrigou a suspensão e, em seguida, ao encerramento da sessão. O tumulto ganhou destaque na mídia nacional.

15.06.16_Conselho_etica_1

Reunião do Conselho de Ética

O presidente da Casa Renato Bispo Caroba (PT) solicitou abertura de procedimento interno para averiguação dos fatos e das condutas dos parlamentares, conforme previsto no Código de Ética e Decoro Parlamentar.

Na última quarta-feira (15/6), o Conselho se reuniu, a pedido do vice-presidente Wilson Ferreira da Silva (PSB), o Dr. Wilson, mas não chegou a um consenso sobre as medidas a serem adotadas. Em clima tenso, os vereadores decidiram pelo encerramento da discussão. Paraíba Car, presidente, e responsável pela condução dos trabalhos, afirmou que fará ele mesmo a convocação do Conselho.

Antes, porém, foi acatada a proposta de Dr. Wilson de apensar os três processos administrativos abertos na Casa, após a confusão registrada no plenário. Dois deles – de autoria do vice-presidente e do relator Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria solicitavam agendamento de reunião e o terceiro, de autoria do Paraíba, providências em relação à conduta de Souzão. Ele alega ter sido agredido pelo colega.

Também participou da reunião Gilberto Daniel (DEM), o Gil do Gás, um dos membros do Conselho. O outro, o pessebista Odair Neris (PSB), o Mano’s, estava ausente.

 

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

4652-7015

Publicado em 16/06/2016

 

image_pdfimage_print