TCE pede esclarecimentos sobre duplicação da SP-88 e abertura de envelopes é novamente adiada

13jan
image_pdfimage_print

Trecho da Mogi Dutra em Arujá

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) aguarda posicionamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SP) para dar continuidade ao processo licitatório destinado à contratação de empresa para execução das obras de duplicação da Rodovia Pedro Eroles (SP 88), conhecida como Mogi-Dutra, no trecho compreendido entre Arujá e Mogi das Cruzes.

O TCE solicitou esclarecimentos sobre a concorrência após a interposição de recursos por um dos participantes. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Logística e Transportes, todas as informações foram prestadas ao órgão no último dia 9/1. O pedido do Tribunal retardou mais uma vez a abertura dos envelopes – prevista para 3/1.

A licitação para duplicação da rodovia, adiada em 2015, foi reaberta em setembro de 2016 na modalidade concorrência internacional. O investimento previsto é de R$ 174 milhões, financiado pelo Banco Mundial. A obra será executada entre os quilômetros 32 e 39,4 e incluirá a construção de dois viadutos e quatro passarelas, além de melhorias em toda a extensão da via.

O vereador Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria, solicitou no ano passado à Prefeitura de Arujá o projeto revisado de duplicação em atendimento a pedido dos moradores. Leia mais sobre o assunto:

 

 

 

 

 

Câmara de Arujá

Assessoria de Comunicação

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

4652-7015

Publicado em 13/01/2017