Vereadores flagram PA de Arujá sem médicos e acionam a polícia

10jul
image_pdfimage_print

Ao menos seis vereadores estiveram no Pronto Atendimento (PA) de Arujá entre a noite de domingo (8/7) e a madrugada de segunda-feira (9/7), onde relatam ter constatado a falta de médicos. A informação foi amplamente divulgada pelos parlamentares em suas respectivas redes sociais.

Parlamentares entraram a madrugada acompanhando atendimento na unidade. Foto: Divulgação

Os vereadores Rafael Santos Laranjeira (PSB), o Rafael Laranjeira, Cristiane Araújo Pedro (PSD), a Profª Cris do Barreto, Renato Bispo Caroba (PT) e Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB) chegaram à unidade às 22h do domingo atendendo a uma denúncia e lá permaneceram até as 2h.

Indignados com a situação, os quatro vereadores acionaram a Polícia Militar para denunciar omissão de socorro e registraram um Boletim de Ocorrência (B.O) para preservação do direito de atendimento médico.

“Além do B.O, vamos acionar judicialmente os responsáveis por esta negligência”, anunciou Rafael Laranjeira.

“Pagamos mensalmente cerca de R$ 2,5 milhões para ter o Pronto Atendimento funcionando e nos deparamos com esse absurdo de falta de médicos”, questionou Renato Caroba. O parlamentar ainda destacou que o prefeito estava atendendo pacientes na unidade, o que realça a gravidade da situação.

Os vereadores Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria, e Gabriel dos Santos (PSD) também estiveram no local, segundo informou a assessoria de imprensa do vereador Renato Caroba.

 

 

 

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CM