Vereadores repercutem 1ª colocação de Arujá no Ideb da região

10set
image_pdfimage_print

O desempenho da rede municipal de ensino arujaense no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017 foi alvo de elogios da maioria dos vereadores na Sessão Ordinária de 05/09. Dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) no dia 2 deste mês mostram Arujá com o maior avanço da região. O índice do município saltou de 6 para 6,8 entre 2015 e 2017, se igualando a Mogi das Cruzes no topo do ranking regional.

A divulgação dos resultados também pautou a réplica da vereadora Cristiane Araújo Pedro (PSD), a Profª Cris do Barreto, às declarações do vereador Edvaldo de Oliveira Paula (PSC), o Castelo Alemão, na Sessão anterior, de 29/08.

Naquela ocasião – antes, portanto, da publicação do Ideb 2017 – o vereador do PSC apontou uma discrepância dos gastos na Educação com os resultados obtidos pelo município, justamente, no Ideb (Arujá não atingia as metas há três edições). “Quando é possível ver um bom resultado, houve um investimento; quando não há resultado, houve apenas um gasto. O que temos, hoje, é um gasto que não se reflete em uma Educação de qualidade para o filho do arujaense”, disse o parlamentar, em 29/08, referindo-se à folha de pagamento dos professores.

A vereadora, que também é docente da rede municipal, retrucou a fala na última Sessão Ordinária acusando o colega de macular a imagem dos educadores. Ela citou os novos resultados como prova de que os profissionais da Educação têm se esforçado em garantir uma boa qualidade de ensino, apesar da infraestrutura precária das escolas. “Ruins são as condições de trabalho que a Prefeitura nos oferece, não a qualidade de ensino que damos aos filhos dos arujaenses”, disse.

Castelo defendeu abertura de CEI para investigar servidores suspeitos de fraudar certificados. Fotos: Imprensa/CMA

Em seguida, Castelo Alemão afirmou, também em tribuna, que suas críticas anteriores eram direcionadas aos maus profissionais da Educação, citando as faltas dos professores às aulas. “Somente neste ano foram 2.382 atestados médicos. Isso é normal? Pergunte aos pais de alunos se estão felizes com isso”, salientou. Ele ainda mencionou o caso envolvendo suposta fraude de certificados por servidores da pasta para obtenção de vantagens pecuniárias e defendeu a criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar as responsabilidades neste caso. “Essa fraude, comprovadamente, lesou o erário”, disse ele. O parlamentar reforçou, no entanto, que em momento algum generalizou as críticas à classe.

O vereador Renato Bispo Caroba (PT), por sua vez, parabenizou os profissionais da rede pela evolução e destacou: “Ninguém está discutindo passar a mão na cabeça de maus profissionais, mas querer generalizar é lamentável. Tem que estar no dia a dia para saber da realidade da classe”.

Adversidades

O excelente resultado alcançado por Arujá no Ideb 2017 contrasta com as condições precárias das escolas, conforme foi constatado em vistorias realizadas pela Comissão de Educação da Câmara Municipal. Em vista disso, o presidente da Comissão, Rogério Gonçalves Pereira (PSD), o Rogério da Padaria, exaltou o trabalho pedagógico realizado pelos professores e demais profissionais da pasta, mesmo em condições adversas, encontraram motivação para superar a meta.

No entanto, o vereador reforçou críticas feitas anteriormente às recorrentes ausências dos professores da rede. “Não podemos tapar o sol com a peneira. Parabéns aos bons profissionais, mas os maus profissionais têm que ser identificados. Temos que saber quem está prejudicando a rede desde o início”, disse.

Conquista

Abelzinho exaltou trabalho desenvolvido em conjunto pela categoria

O presidente da Câmara de Arujá, Abel Franco Larini (PR), o Abelzinho, enfatizou o trabalho em equipe para obtenção das metas do Ideb. Segundo ele, desde 2011 Arujá vem apresentando evolução e todos os funcionários da Educação, especialmente os professores, merecem ser parabenizados.

Na mesma linha, a professora Ana Cristina Poli (PR) defendeu um plano de carreira para os docentes – desde que executável – e ponderou que “todo processo educativo engloba vários fatores, é uma construção e se dá ao longo de um determinado período”, concluindo sua fala com a parabenização à rede municipal.

O vereador Marcelo José de Oliveira (PRB), o Dr. Marcelo Oliveira, descreveu o resultado obtido no Ideb como “maravilhoso” e parabenizou todos os gestores envolvidos na conquista.

 

 

Câmara Municipal de Arujá

Assessoria de Comunicação

www.camaraaruja.sp.gov.br

imprensa.camaraaruja@gmail.com

imprensa@camaraaruja.sp.gov.br

(11) 4652-7015

Texto: Renan Xavier

Fotos: Imprensa/CMA

10/09/2018